Organizadores

LUIZA BESKOW PELEGRINI

Data: 27 de novembro de 2020
Orientador: Dra. Raquel Fabiana Lopes Sparemberger – FMP
Banca: Dra. Betânia de Moraes Alfonsin – PPGD/FMP
Dr. Heron José de Santana Gordilho – PPGD/UFBA

RESUMO

Este trabalho analisa os impactos dos chamados desastres ambientais (motivados ou naturais)
para a vida dos animais não-humanos a partir da imersão em uma sociedade de risco. Aborda
a fauna (animais) e demonstra que estes podem ser considerados sujeitos de direito para fins
de proteção, bem como analisa os desafios jurídicos para protege-los a priori e a posteriori de
um desastre. Para tanto, enfatiza a Constituição Federal, documentos internacionais, a lei
infraconstitucional e a doutrina. A dissertação desenvolve um raciocínio lógico com a
finalidade de demonstrar que os prejuízos que os desastres ambientais brasileiros afetam não
somente o ser humano, que é a vítima imediata, mas também sucumbe os animais, os quais
devem ser considerados vítimas, porém, atualmente, não são considerados como seres
passíveis de proteção à luz da ótica humana. Desta forma, discute a importância da proteção e
salvamento da fauna não só para a preservação do ecossistema brasileiro, mas para a proteção
dos próprios animais não-humanos, que merecem ser considerados como fins em si mesmos.
Contata-se, desta forma, que o Direito dos Desastres deve abarcar também os animais como
vítimas de desastres ambientais, devendo haver proteção específica. A metodologia utilizada
privilegia o método de abordagem sistêmico; eis que se busca compreender a complexidade
da realidade e das suas transformações. No que se refere ao procedimento, adotar-se-á o
método descritivo, explicativo e estudo de casos, utilizando-se a pesquisa bibliográficodocumental.
O presente trabalho vincula-se à Linha de Pesquisa Tutelas à Efetivação de
Direitos Transindividuais, dentro da área de concentração Tutelas à Efetivação de Direitos
Indisponíveis da Fundação Escola Superior do Ministério Público – FMP.

Palavras-chave: Desastres. Risco. Animais. Direito. Ambiente.


2019 Dissertações Mestrado Turma 2019

Conteúdos relacionados

COISA JULGADA DAS QUESTÕES PREJUDICIAIS NAS AÇÕES COLETIVAS

Data: 24 de novembro de 2020Orientador: Prof. Dr. Handel Martins Dias – FMPBanca: Prof. Dr. Anízio Pires Gavião […]

TUTELA DO CONSUMIDOR NA RESOLUÇÃO ON-LINE DE CONFLITOS E O EMPREGO DA TECNOLOGIA SOB A PERSPECTIVA DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS

Data: 25 de novembro de 2020Orientador: Prof.ª Dr.ª Cristina Stringari Pasqual – FMPBanca: Prof.ª Dr.ª Cláudia Lima Marques […]

TRANSPARÊNCIA NA ESFERA PÚBLICA E NAS RELAÇÕES DE CONSUMO: CONVERGÊNCIAS E DIVERGÊNCIAS

Data: 23 de novembro de 2020Orientador: Prof.ª Dra. Maren Guimarães Taborda – FMPBanca: Dra. Cristina Stringari Pasqual – […]

O USO DOS PRECEDENTES COMO UMA FORMA DE CONTROLE DO ATIVISMO JUDICIAL

Data: 24 de novembro de 2020Orientador: Prof. Dr. Francisco José Borges Motta – FMPBanca: Prof. Dr. Anizio Pires […]

link whatsapp