A Fundação Escola Superior do Ministério Público foi autorizada pelo Ministério da Educação a registar os diplomas de seu Curso de Graduação. A publicação está no Diário Oficial (clique aqui). A autonomia é resultado do excelente desempenho da FMP nas últimas duas avaliações nas quais obteve nota máxima (5) do MEC.

Conforme o Art. 27 do Decreto 9.235, as faculdades com CI (conceito institucional) máximo nas duas últimas avaliações institucionais, que ofertem pelo menos um curso de pós-graduação stricto sensu reconhecido pelo Ministério da Educação e que não tenham sido penalizadas em decorrência de processo administrativo de supervisão nos últimos dois anos, contados da data de publicação do ato que a penalizou, poderão receber a atribuição de registrar seus próprios diplomas de graduação, nos termos de seu ato de recredenciamento, conforme regulamento a ser editado pelo Ministério da Educação.

A FMP conquistou a autonomia pelos seguintes méritos:
– Obteve reconhecimento do seu primeiro curso de pós-graduação stricto sensu em 2016;
– Conceito 5, (o máximo CI no MEC) no credenciamento para oferta do curso em EAD;
– Conceito 5, (o máximo CI no MEC) no recredenciamento para oferta de cursos presenciais.

Antes da autonomia, a FMP registrava os diplomas na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Queremos parabenizar todos os estudantes, corpo docente e administrativo por este grande avanço institucional.

Conteúdos relacionados

link whatsapp